4 de fevereiro de 2009

Visões II

Foto daqui


Portugal foi multado.
O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos condenou esta terça-feira Portugal por ter proibido, em 2004, a entrada nas suas águas territoriais de um navio fretado por organizações favoráveis à despenalização do aborto.

2 comentários:

CCF disse...

E somos nós todos a pagar! Devia ser só ele.
~CC~

*JjS* disse...

Devia pagar sim. Ele diz que se limitou a aplicar a lei que na altura criminalizava a prática de aborto, mas o que ele fez foi um acto de guerra, na forma "preventiva" e desproporcionada que terá aprendido com Bush. Fez mal. Devia pagar. E devia também pagar as 60 mil fotocópias que fez, sabe-se lá de que matérias sensíveis do Estado.
JjS