25 de agosto de 2010

Educação para a Saúde em Angola

Há um canal de televisão chamado AfroMusic que passa vídeos de música 'africana', se se lhe posso chamar moderna, para distinguir da música mais tradicional africana.
Em regra são de muito baixa qualidade quer as músicas quer os vídeos. Pimba do pior, por vezes.
O meu canal de música é o Mezzo que fica quase encostado ao AfroMusic e hoje na subida e descida de canais deparo-me com com este curioso "Lava a mão" (com água e sabão). Uma coisa tipo kuduro, mas parece que afinal é ladjum. Seja. Primeiro pensei que fosse assim uma metáfora ao sistema de corrupção em cadeia que parece ser aceite por toda a gente em Angola, mas tentando perceber a letra e olhando para as imagens o assunto é outro. Parece uma campanha sanitária para parar a cólera e as diarreias. É pena não se perceber melhor a letra, de qualquer modo a ideia é louvável. Lavar as mãos é uma prática que pode salvar vidas.
O que é que faz antes da refeição?
Lava a mão
com água e sabão
Acho bem.

20 de agosto de 2010

Teerão há 43 anos

Teerão recebeu a Conferência Intenacional sobre Direitos Humanos em 1968.
A conhecida Declaração de Teerão comprometia todos os Estados membros das Nações Unidas a lutarem pela paz e contra o colonialismo e todas as formas de opressão e discriminação baseadas na raça, na crença religiosa e particularmente contra as mulheres.


15. The discrimination of which women are still victims in various regions of the world must be eliminated. An inferior status for women is contrary to the Charter of the United Nations as well as the provisions of the Universal Declaration of Human Rights. The full implementation of the Declaration on the Elimination of Discrimination against Women is a necessity for the progress of mankind;

Pedradas




Numa altura em que se assiste a alguma mobilização contra as condenações à morte por lapidação é bom lembrar que o fundamento religioso que está na base destes crimes é o verdadeiro veneno. Engane-se quem julga que isso é uma bizarria do Islão. A Bíblia dos cristãos está igualmente cheia dessas prescrições e fundamentalistas cristãos também não são difíceis de encontrar.

Vale a pena escutar este senhor e ler o livro e pensar.
Obrigado Afonso, pela sugestão

19 de agosto de 2010

Via Jugular


13 de agosto de 2010

O livro vermelho de um presidente estival

O homem apanhou mesmo sol na moleirinha.
Ficamos sem saber se está a pensar no do Car Jung ou do Mao...
O senhor professor é uma autêntica ostra: cada cagadela uma pérola!
Mas o mais interessante é tentar deduzir desta resposta a pergunta que lhe foi colocada.

"No Verão, com alguma frequência, pede-se a indicação de livros de leitura. Se eu tivesse que indicar um livro de leitura aos comentadores estivais, aconselharia o livro dos professores Vital Moreira e Gomes Canotilho sobre os poderes do Presidente da República", disse hoje Cavaco Silva.
"Era muito mais útil que os comentadores estivais lessem esse livro, que foi o livro vermelho dos meus antecessores e continua a ser o meu"


Confesso que apenas ouvi a resposta e não retive nada da pergunta, portanto vou-me deitar a adivinhar:
P1- O que recomendaria aos jornalistas que fazem a cobertura da Volta a Portugal em Bicicleta como leitura entre duas etapas?
P2- Sr. Presidente já leu algum livro de leitura?
P3- Então, recandidata-se ou não?
P4- Tem a certeza de que o papa ainda se lembra do nome das suas netas?
P5- O sr. sindicalista Palma já o informou do que procuram os procuradores?

Enfim... a coisa não é fácil. Aceito sugestões.

Dos amores


esfumam-se os encantamentos
persistem os poços
as fontes
os rios
e as palavras que os guardam