7 de dezembro de 2006

viagens


Ando há dias em viagem
Viajo por dentro e por fora e toco paisagens onde nunca pus os olhos
Sorvo a genealogia do chá de rosas Aquele que transforma a tristeza em rouxinol
Depois teço um manto de assobios trinados e deito-me nele até que me acordes

4 comentários:

marta disse...

Tem cuidado não passses a "Belo Adormecido"
:)

Gregorio Salvaterra disse...

Sim. Derelo-me por aí... :)
(derelar é um verbo fabuloso, não é?)

marta disse...

Soa-me nmuito bem, mas como não conhecia fui ao dicionário e não encontrei.

CCF disse...

Ouvi dizer que ias viajar de novo a contar gaivotas em sítios onde não há mar. Desejo-te boas viagens nas rotas do chá(s) e dá depois notícias.
CC